Visando otimizar a produtividade da safra, a etapa da colheita da soja exige uma série de cuidados prévios, que devem ser tomados em relação aos grãos, ao ambiente e ao maquinário utilizado na operação.

Negligenciar essas medidas pode acarretar uma série de problemas ao produtor, como avarias nas máquinas, danos físicos e, principalmente, perda de grãos. Nos tópicos a seguir, você confere 5 dos principais cuidados pré-colheita, que ajudam o agricultor a evitar esses transtornos:

  1. A dessecação pré-colheita

De acordo com a Embrapa, a dessecação realizada antes da colheita tem três objetivos centrais: uniformizar a área da soja, controlar as plantas daninhas e antecipar a colheita.

O processo é feito, então, com a aplicação de herbicida na lavoura, no estágio de maturidade fisiológica da soja, o que uniformiza a maturação de toda a cultura, bem como ajuda a dizimar possíveis plantas invasoras.

Com a antecipação da maturação, há a consequente antecipação do processo de colheita. Nesse sentido, vale pontuar que a dessecação ainda ajuda a reduzir a exposição da lavoura a diferentes patógenos, como pragas e agentes causadores de doenças.

Apesar de ser uma medida com foco na safra principal, a soja, a dessecação pré-colheita ainda otimiza o planejamento da cultura sucessora, permitindo que seu plantio também seja adiantado. 

 

  1. O ciclo de vida da semente

Para planejar o momento adequado de colher, bem como o de realizar a dessecação, é fundamental respeitar o ciclo de maturação da variedade de soja cultivada. Isto é, o prazo em que a cultivar atingirá a sua maturidade.

Esse ciclo também varia de acordo com a região em que a semente é plantada. Por isso, o produtor deve conciliar o grupo de maturação à particularidade da cultivar.

 

  1. A maturidade fisiológica da soja

Tanto a dessecação quanto o ciclo de vida dizem respeito a uma mesma exigência: a fase de maturidade fisiológica das plantas. Ou seja, via de regra, a soja deve ser colhida depois do estágio R7, quando há a plena maturação da cultura.

Essa recomendação atenta ao nível de umidade dos grãos no momento da colheita, que deve estar entre 13% e 15%, a fim de potencializar o desempenho da colheitadeira e evitar o entupimento do maquinário. 

 

  1. A regulagem do maquinário

As condições da colheitadeira e de seus componentes impactam diretamente o desempenho da operação. De forma geral, a má regulagem do mecanismo de corte e alimentação e a velocidade errada do molinete são ocorrências que frequentemente ocasionam perdas de grãos.

Além disso, componentes como facas e contranavalhas devem estar devidamente afiados, a fim de garantir cortes assertivos e, consequentemente, evitar a “vibração” excessiva das plantas (o que também pode provocar perdas).

É interessante lembrar que, além de melhorar o processo da colheita, a regulagem correta do maquinário também evita danos aos equipamentos, aumentando a vida útil destes. 

 

  1. As condições climáticas

Por último, mas não menos importante, há ainda a interferência no clima na colheita. Nesse quesito, o produtor deve planejar a sua operação levando em conta a umidade do ar, que não deve estar baixa nem alta (para não interferir na umidade dos grãos).

Dias de temperaturas extremas e chuvas intensas também devem ser evitados, já que podem prejudicar o desempenho das máquinas e afetar o aspecto do solo

 

Gostou dessas dicas? Clique aqui e confira outros artigos sobre o universo da soja! Veja também os nossos conteúdos exclusivos no Instagram, Facebook e YouTube.

Para encontrar a semente ideal para a sua área, acesse o portfólio 2024/2025 da Neogen.

A ferrugem-asiática da soja e os desafios da safra 2023/2024 - Blog Neogen sementes: Blog Neogen sementes said: "[…] vazio sanitário é uma das medidas fitossanitárias previstas no Programa Nacional de Controle da Ferrugem […]".
Técnicas e recomendações para combater as plantas daninhas da soja - Blog Neogen sementes: Blog Neogen sementes said: "[…] isso, quando falamos do manejo de doenças, pragas e daninhas, sempre devemos lembrar que o uso de sementes certificadas e de variedades recomendadas para cada região sojícola é […]".
Reges Kavalek Rolim de Moura said: "Oque que adianta por o catálogo lá no cropchain, se o app não disponibiliza pra baixar, toda vez que tento fazer o download da extensão da erro!".
Biotecnologia: o que é e qual a sua relevância para a soja - Blog Neogen sementes: Blog Neogen sementes said: "[…] alguns casos, o produtor reduz significativamente o uso de químicos, o que ainda contribui para uma produção mais sustentável para o meio […]".
Saiba mais sobre controle de qualidade de sementes de soja - Blog Neogen sementes: Blog Neogen sementes said: "[…] Nesse sentido, uma das etapas mais importantes da safra é a escolha das sementes. Em nosso blog, você já conferiu um conteúdo que aborda alguns detalhes para se atentar ao escolher a cultivar de soja ideal: clique aqui para rever. […]".
Por que a produtividade da soja varia? - Blog Neogen sementes: Blog Neogen sementes said: "[…] Clique e confira mais informações sobre Neoguia, uma ferramenta inovadora que agiliza o dia a dia … […]".
Perdas na colheita da soja: como evitá-las? - Blog Neogen sementes: Blog Neogen sementes said: "[…] Além disso, é de suma importância o uso de sementes certificadas, livres de patógenos e desenvolvidas com controle de qualidade. A escolha da semente ideal é a origem do bom andamento da safra. […]".
Conexões que geram resultado na safra 2023/2024 - Blog Neogen sementes: Blog Neogen sementes said: "[…] Clique aqui e confira um artigo completo que te ensina como aproveitar as possibilidades de Neoguia. Acesse neoguia.online e experimente agora mesmo! […]".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tags

Artigos relacionados

Assine nossa newsletter

    Sugestão de tema

      Assine nossa newsletter